Posts Tagged sustentabilidade

Fim de Feira

Alguém pode me dizer se saiu ileso dos episódios deste 1º semestre?

Foram tantas retrogradações e tantas emoções, que mal conseguimos digerir os obstáculos e ajustes diversos que Marte em Virgem e Saturno em Libra nos propuseram neste primeiro semestre. E ainda tivemos Vênus para nos brindar, retrogradando em Gêmeos ao mesmo tempo em que formava uma rara conjunção superior.

Marte liberará suas ações a partir de 20/06, Vênus a partir de 01/08 e Saturno, a partir de 02/10, praticamente ingressando em Escorpião. Portanto, ainda há muita água para passar debaixo da ponte enquanto esperamos estes planetas cruzarem a sua 2ª estação. Isso quase implica dizer que o ano começará mesmo a partir de outubro.

Numa era de superficialidades e amenidades, do “politicamente correto” e de não enfrentar os problemas de frente, a partir de outubro é preciso adotar outras posturas e usar de profundidade para resolver o que foi deixado para trás.

O que se esperava?

  • Corrigir e acertar os meios produtivos, obtendo mais com menos (Marte).
  • Refazer acordos comerciais de maneira política (Vênus e Saturno).
  • Buscar o colaboracionismo e a cooperação em vários níveis, ao invés do protecionismo (Saturno).

Será que a lição de casa foi realmente feita?

Os resultados do eclipse recente estão ai para serem vistos: revoltas e revoluções por toda parte, ao mesmo tempo que se tapa o Sol com a peneira de questões de maior amplitude e que irão afetar as gerações futuras. Temo por elas: a maior convenção da ONU foi um fracasso, muito se conversou e nada se resolveu.

A Europa e os EUA ainda estão sem rumo, mas tendem a manter o que já existe para ver como fica.

E você? O que está fazendo de sua vida e por seu futuro?Se não fizer nada acabará ficando com a xepa.

Atitude é essencial nesta fase de nossas existências.

Anúncios

, , , , , ,

6 comentários

Superpopulação… mas faltam super heróis…

Vimos a população do planeta atingir a cifra de 7 bilhões de habitantes, embora com alarmantes níveis de desigualdades sociais.

Sustentabilidade voltou a ser uma palavra da moda: a nossa Terra aguenta toda essa quantidade de gente consumindo o planeta? Fala-se de reduzir o consumo, em produzir com energias limpas e reciclar mais… mas você sabia que um cafézinho requer 120 litros de água? Eu não sabia…

Em março de 2011, Urano e Saturno formaram uma oposição entre si, iniciando a segunda metade de um ciclo que começou em 1988, nos últimos graus de Sagitário e se encerra em 2032, nos últimos graus de Gêmeos.

1988 foi ano em que atual Constituição foi promulgada. No ano seguinte, cerca de 2 milhões de nativos de Estônia, Letônia e Lituânia se deram as mãos, formando uma cadeia de 600 km, buscando paz e independência da antiga URSS. Este período marca também o fortalecimento dos cartéis das drogas e também, do aumento do processo de favelização (no Brasil e no mundo). Começa a crise do desemprego. Há falta de dinheiro para financiamentos e créditos.  Os problemas se alastraram rapidamente e podem ser considerados a fagulha para aqueles que enfrentamos hoje em dia.

Com a oposição, há uma certa consciência global com respeito aos recursos do planeta e de que estamos nos limites de fazer algo pela manutenção de nosso planeta ou de prejudicar definitivamente a qualidade de vida de nossos filhos, netos e descendentes.  No entanto, existe um fator complicador, pois vivemos novamente uma crise econômica. Sobre este assunto, recomendo a leitura do artigo Analogias da Crise.

Considerando apenas os movimentos destes dois astros, não é possível visualizar um cenário otimista. Saturno ingressa no signo de Escorpião, indicando a necessidade de maior comprometimento e envolvimento do setor industrial junto ao setor financeiro, numa relação de cumplicidade, parceria e, acima de tudo, de confiança. permanecerá em Escorpião até o final de 2014.

Com respeito a Urano, a tendência é de um progresso elitizado e individualista. Embora este astro possa igualmente representar tecnologias pioneiras e inovadoras enquanto permanecer em Áries. Em 2018, ingressa em Touro e talvez possamos ter soluções com respeito à crise econômica, mais por necessidade do que por boa vontade. Saturno estará em Capricórnio e por isso, podemos esperar por mais interesse da parte da indústria e do comércio.

O nosso planeta não pode esperar… Há muita gente passando fome e qualquer política de sustentabilidade precisa levar em conta este vetor. Mas enfrentamos outro problema, em esfera global: faltam líderes, faltam super heróis capazes de polarizar as atenções para soluções reais e salvadoras. Existem, é verdade, alguns super heróis anônimos (ou não tão conhecidos). Neste sentido, vale a pena o que escreveu Stephen Kanitz no artigo Fazendo a Diferença.

Sim, já ingressamos numa nova era geológica: o Antropoceno, em que a humanidade é responsável pelas mudanças geológicas e climáticas do planeta.

, , , , , ,

1 Comentário