Posts Tagged 2012

O Velho no Pântano

Acabou a brincadeira. Com o ingresso de Saturno no signo de Escorpião, chegou a hora de levar a vida e principalmente os problemas de um modo mais maduro, consistente e seguro. Em outras palavras, não dá mais para varrer a sujeira para debaixo do tapete.

Saturno é um astro frio e seco, ou seja, contrai, atrapalha, cria dificuldades, atrasos e obstáculos para tornar a sua, a minha e a nossa vida mais difíceis. Sua natureza tende ao isolamento e à melancolia, com uma nota malévola. Já Escorpião, é um signo feminino, fixo, frio e úmido, que igualmente se contrai, embora forme laços. A natureza deste signo é atrair, reter e contrair. Governado por Marte, Saturno sente-se parcialmente confortável neste signo em razão do frio que compartilham.

O simples fato de Marte e Saturno serem maléficos não assegura que sejam amistosos entre si. Ambos tem diferenças que caracterizam as suas atuações de maneira autônoma.

A imagem que melhor descreve o trânsito de Saturno em Escorpião é a de um velho andando num pântano, lentamente e com dificuldade.

O papel de Saturno é construir a partir das estruturas e, para isso, ele costuma destruir o que já perdeu o seu valor. Este astro governa a morte e tudo o que estiver a ela relacionada (esqueleto, restos mortais, cinzas, cemitérios, memoriais, epitáfio).

Já Escorpião, é o signo da verdade nua e crua a qualquer preço. Portanto, associado a todos os tipos de investigações que revolvem todas as possibilidades.

Assim, Saturno em Escorpião tem uma natureza fertilizante na medida em que revolve a terra para uma semeadura futura. Porém, neste processo, muita podridão acabará ficando exposta à superfície.

Se o Sol representa o presidente, Saturno é o juiz que estabelece os seus limites bem como, as regras da sociedade. Consciente de sua própria fraqueza, o Escorpião age a partir das sombras, com discrição e pronto para atacar (ou se defender) com o seu veneno na cauda. Há uma confrontação de poderes, uma vez que Saturno representa um poder visível, estabelecido, natural; enquanto que o poder exercido pelo veneno do Escorpião é sub-reptício e muitas vezes traiçoeiro.

Portanto, é hora de uma limpeza profunda em sua vida, de remover o lixo que se encontra escondido sob a geladeira ou atrás dos armários. Terá de encarar os ressentimentos de seu passado de tal modo a abandoná-los definitivamente para não sucumbir aos remorsos que virão, caso os deixe onde estão.

Trata-se ainda de uma limpeza ética, onde os valores da sociedade serão limados e retificados através da aplicação da Lei. Contudo, há o risco dos excessos próprios da natureza deste signo sem meias medidas. Este não é um astro de conflitos ou guerras, mas de suas causas, na medida em que tenderá a destacar o que há de verdadeiro ou real tanto na economia como nos aspectos sociais. A tendência é de um maior controle do Estado através das Agências Reguladoras.

O Ingresso de Saturno em Escorpião se dá em 05/10/2012.

1ª retrogradação: 18/02 a 08/07/2013 (1ª Estação em 15/10/2013), nos termos de Júpiter.

Tempo de pragmatismo e de fazer o dever de casa retomando modelos já conhecidos. Esta configuração lida claramente com questões de economia. Se ainda não colocou as suas contas em ordem, negocie com os seus credores. Você notará que as instituições financeiras estarão mais interessadas em receber do que você em pagar. Há uma forte tendência ao regionalismo econômico e ao protecionismo em geral. Os marcos regulatórios da economia são ajustados para a realidade de um cenário pessimista.

Trígono com Júpiter retrógrado: 12/2013.

O Natal não será tão próspero quanto foi em outros anos. Porém, as instituições financeiras se mostram fortes o bastante para sustentar uma tempestade de pessimismo vinda de vários setores da sociedade. Há uma aposta de que as dificuldades são temporárias e passageiras. Boas oportunidades para o empreendedorismo e os negócios familiares.

2ª retrogradação: 02/03 a 20/07/2014 (1ª Estação em 28/10/2014), nos termos de Vênus e Júpiter.

Com pouco dinheiro circulando, o Estado intervirá na economia para que torne a entrar nos trilhos. O comércio, em escala mundial não consegue gerar os recursos necessários para movimentar a indústria. É o setor público que sustenta a economia neste período. Como já ocorreu em tempos de crise anteriores, os metais, gemas e pedras preciosas que funcionarão como base de valores e moeda.

Conjunção de Marte: 26/08/2014.

É pouco provável que ocorra algum evento em particular ou bombástico, porém, em torno desta data, as medidas reguladoras instituídas pelo Estado em períodos anteriores começam a surtir os efeitos desejados. Embora ainda não haja motivo para comemorar, as expectativas de uma retomada do crescimento são mais palpáveis.

O ingresso em Sagitário se dá em 23/12/2014, com um outro ambiente econômico e financeiro.

Lembre-se que Saturno sempre mostra o seu valor e importância ao longo do tempo. Entretanto, as ocasiões mais significativas em que transita o signo de Escorpião, este astro obtém a colaboração benéfica de Júpiter, resultando em boas expectativas depois de um certo tempo de crises e dificuldades.

Anúncios

, , , , , , , , , , , ,

8 comentários

Ainda dá tempo

Saturno ficará retrógrado entre os graus 29 e 22 de Libra antes de ingressar em Escorpião. Parece perguntar:

– Você está mesmo afim de manter este relacionamento?

– Esta é a associação que pretende manter?

Oferece uma espécie de última chance para você definir o que quer a respeito de sua relação com os demais, especialmente aquelas associações que considera essenciais para a sua vida. À princípio, não significa separação ou afastamento, mesmo porque não é este astro que as proporciona. Mas sim, um amadurecimento das relações já existentes em bases mais sólidas e consistentes. Assim, se falta estrutura ou algo precisa ser equilibrado para existir uma boa base de apoio, esta é a ocasião.

Sob uma perspectiva mundial, um pouco de paz na Europa em razão dos acordos fechados entre os países insolventes ou com dificuldades de liquidez. Mas não vá se iludir que está tudo resolvido, pois quando Saturno retornar ao movimento direto, é possível que se note que os acordos são, na realidade, apenas remendos ou tapa-buracos para resolver questões pontuais, sem trazer uma solução definitiva.

O período em que ficará retrógrado é compreendido entre 07/02 e 25/06/2012. Em outubro, quando ingressar em Escorpião, será a ocasião de testar a validade de tudo o que foi combinado até então, seja na esfera pessoal como na mundial.

A região de Libra em que Saturno ficará retrógrado compreende os termos de Marte e uma pequena parte dos termos de Saturno. Marte se encontra em Virgem, retrógrado até 14/04/2012 e também fala de ajustes e reajustes do cotidiano. Assim, esta combinação sugere primeiramente um ajustamento das relações de participação e cooperação das atividades diárias. Em ambiente de trabalho, é hora de repensar as equipes e até a utilidade de certas rotinas e métodos. Nos relacionamentos pessoais, considere rever as responsabilidades assumidas junto ao seu companheiro ou companheira.

A melhor ocasião para colocar as decisões em prática será a partir de 14/02/2012, quando Marte estiver direto e você conseguirá obter a máxima eficiência em suas atividades do cotidiano. Não dá para fugir da raia. Em nenhum momento esta configuração fala de amor ou sentimentos, mas de serviço e utilidade.

Por um pequeno período, Saturno estará retrógrado em seus próprios Termos. Nesta época, Vênus estará retrógrada em Gêmeos, retornando dois dias após Saturno retomar o movimento direto. Por mais que este astro disponha sobre saturno, novamente, não dá para falar de sentimentos, mas sim, de conversar a respeito dos problemas existentes, encontrar acordos (inclusive comerciais) que sejam bons para ambas as partes.

Ou seja, qualquer que seja a perspectiva avaliada, a retrogradação de Saturno descreve uma fase de ajustar trabalho e finanças entre as partes envolvidas, seja no plano pessoal (casamento), no comercial (sociedades e associações de negócios), como no mundial (relações internacionais).

Honestamente, em razão dos problemas econômicos, acho pouco provável que exista uma gestão eficaz da crise nos países árabes, que serã deixados à sua própria sorte.

, , , , ,

1 Comentário

Distinguindo ruídos

Sempre que avalio um Mapa ou um conjunto de Trânsitos, busco primeiramente encontrar o tema principal que norteia aquelas configurações. Quase que simultaneamente, comparo com a realidade do mundo em que me encontro inserido, estabelecendo relações com os eventos, nem sempre os mais recentes.

O segundo semestre foi pródigo em apresentar o perfil da Geração Z e suas contribuições para o mercado de trabalho. De fato, há muitas hipóteses e poucos resultados de pesquisa, uma vez que esta geração ainda está ingressando no mercado de trabalho.

Pessoalmente, observo que em sua maior parte, os representantes das gerações X, Y e Z partilham de um mesmo grave problema: a superficialidade. Basta acompanhar as mídias para notarmos em que níveis ela ocorre. É decorrente da pressa: de resultados, de formar o primeiro milhão de reais, de experimentar o amor e o sexo… Parece até contraditório quando se ouve falar na necessidade de desacelerar o consumo.  E, de fato, desacelerar é a única solução possível para a manutenção e a sobrevivência não apenas do planeta, mas da própria humanidade, como discorri em Desacelerar.

Marte ficará retrógrado em Virgem entre o final de janeiro e meados de abril e a primeira sugestão que apresenta é a desaceleração dos meios de produção. Sob a ótica do Mercado, serve para fazer promover ajustes de todos os tipos que permitam mais eficiência dos equipamentos e máquinas disponíveis. Os ajustes de pessoas virão depois, quando Vênus estiver retrógrada entre meados de maio e o final de junho. E tudo isso, sob as bênçãos de Saturno retrógrado nos graus finais de Libra.

Na verdade, é a própria crise que impele a buscar novos métodos de produção e depois, de comercialização, para que o fluxo de capitais não se interrompa. Contudo, há um tal de Urano em Áries… Portanto, levando em conta o conjunto de configurações astrológicas, o Tema do primeiro semestre será acabar com o zumbido do temor da crise. Temor? A crise já se instalou há mais de 20 anos. Quando a Geração Z estava nascendo, a a crise já tinha se instalado.

Este zumbido tornar-se-á ruído ao longo do ano e, a falta de profundidade e reflexão da geração a quem cabe tomar as decisões mais importantes (acredite-me: é a geração Z que o faz, apesar das Gerações Babyboom, X e Y também participarem do processo), às quais se espera mais densidade e coerência. Porém, como esta geração multitarefa é incapaz de pensar em conjunto ou de proover uma análise mais complexa, ficaremos com soluções bandaid.

Acredito que a geração X tornará a assumir as rédeas pro pura necessidade de manter o controle da situação, a partir de outubro, com a retrogradação de Júpiter e o ingresso de Saturno em Escorpião. Esta combinação leva ao silêncio e ao recolhimento interior e, por isso mesmo, a uma reflexão de melhor qualidade e profundidade. Qualquer ato verdadeiramente criativo começa com o silêncio, com o vazio interior, como escrevi em outro artigo. É aquietando as próprias emoções que conseguimos domar a ansiedade e a pressa e avaliar de modo abrangente todo o conjunto de implicações que qualquer decisão possa ter sobre o mercado, as pessoas e o próprio planeta.

Nesta época, Urano também estará retrógrado, como que a sugerir a deixar a individualidade apressada em segundo plano, deixar a competição tecnológica de lado e unir as forças através de grupos e equipes de trabalho.

Todas as essas condições se refletem inclusive na expressão do amor e do afeto. As uniões, mesmo ocorrendo mais tarde, com mais idade, são apressadas e geralmente, com o claro propósito de ter filhos (apenas) ao invés de viver uma experiência amorosa. As separações são muito fáceis de ser obtidas e assim nos deparamos com muitas famílias desagregadas, onde os pais são separados e veem os filhos em tempos e prazos determinados (quando o fazem). Ao mesmo tempo, as exigências e necessidades financeiras colocam o casal (os pais) mais tempo fora de casa trabalhando do que tendo um saudável convívio com os seus familiares, especialmente as crianças. E não dá para culpá-los, este é o sistema e, em 2012, saturno em Libra e Marte em Virgem insistem nas responsabilidades, tanto as do casal como aquelas próprias do cotidiano doméstico.

E a vida pessoal de ambos e, a de ambos com a família, fica reduzida a um beijo de boa noite, quando já se encontram dormindo ou, nas atividades de final de semana.  Ah! O Amor? Em 2012 dá até para conversar a respeito. mas a partir de outubro, será necessário se responsabilizar pelos afetos e sentimentos daqueles que dependem de nós.

Por isso, a recomendação é não se deixar levar pela pressa dos resultados imediatos, sejam os profissionais como os pessoais.

Em 2012, aprenda a respirar, a controlar o ritmo de seus pulmões. Mas também, para desacelerar prestando maior atenção ao que existe à sua volta. Só assim haverá espaço para que possa vivenciar o amor de maneira mais plena e completa

, , , , , , , , ,

1 Comentário

O que esperar em 2012

2012 promete ser um ano bem interessante. As configurações astrológicas se combinam de tal modo que é possível contar com várias oportunidades para melhorar aspectos importantes da vida de cada um e proporcionar bem estar e felicidade em primeiro lugar. Entretanto, daí a afirmar que será um ano de mudanças, depende realmente de cada um, como vem sendo afirmado em diversos locais. No entanto, as cartas estarão abertas sobre a mesa desde o princípio do ano.

Começarei tratando de Júpiter, o astro da expansão e do progresso. Encontra-se direto em Touro desde 25/12/2011 e ficará neste signo até 11/06/2012, quando ingressará em Gêmeos. Em 04/10/2012, ficará retrógrado, voltando ao movimento direto apenas no ano seguinte.

Em janeiro, a mútua recepção com Vênus favorece o bem estar, a alegria e a diversão, com forte tendência a excessos nos prazeres em geral (especialmente alimentação e bebida). Tradicionalmente, não é uma época de grandes atividades. Esta combinação favorece ainda o amor, a sensibilidade e a sensualidade em geral, bem como, uma maior tendência a dispersar o dinheiro.

Em torno de 14/03/2012, Vênus estará em conjunção com Júpiter e ambos, em trígono com Marte (retrógrado em Virgem), ao mesmo tempo que Mercúrio também se encontra retrógrado em Áries. Indicado para rever métodos de trabalho, rotinas diárias e pequenas responsabilidades. Aquisições de todos os tipos de vem ser avaliadas com cuidado e vagar, embora boas compras possam ser realizadas nestes dias. É recomendável cuidar dos próprios interesses antes de se preocupar com os dos outros ou delegar tarefas que lhe competem. Vale lembrar que neste mesmo período, Saturno se encontra em Libra, signo igualmente governado por Vênus. Com os dois astros sociais governados pelo astro do prazer imediato, é bom pensar em como consumir o que, ser mais eficiente tanto com o bolso como com as suas necessidades.

Em torno de 17/07/2012, Marte e Júpiter formam um trígono, este último agora em Gêmeos. Esta combinação é indicada para colocar as relações pessoais em andamento. Bom para as atividades em grupo, para o casamento, associações e parceiras de todos os tipos. Favorece os resultados e a objetividade em todos os tipos de combinações entre as pessoas, com uma comunicação ágil, inquieta, muitas vezes provocando atritos e divergências. Sugere a realizações de bons negócios, estimula o comércio em geral, em todos os níveis.

Saturno está em Libra e ficará retrógrado entre 07/02 até 25/06/2012. Ingressa em Escorpião em 06/10/2012. Enquanto estiver retrógrado, leva a impasses de todos os tipos entre pessoas em geral, apesar da necessidade que impõe da busca de acordos em geral. Nos relacionamentos, traz maturidade através da reflexão, em que cada parte cede um pouco de seu próprio espaço. Traz ainda respeito entre as pessoas que se enfrentam. Quando voltar ao movimento direto, tende a resolver estas questões de maneira definitiva, não exatamente pelo amo, mas pela necessidade de preservar posições (de status, prestígio, reputação).

A oposição entre Vênus e Saturno, no início de março, traz clareza a todos os impasses nos relacionamentos. Em seguida, ocorre a retrogradação de Mercúrio, enquanto Marte já se encontra retrógrado. Este é um mês importante para o que ocorrerá ao longo do ano, pois os ajustes serão acertados, discutidos, dialogados, mesmo que com dificuldades e todos os tipos de restrições, ao longo deste mês. Nos relacionamentos pessoais, isso implica em abrir mão de certos privilégios individuais para a manutenção da união ou parceria. Na esfera mundial, há negociações para redução de subsídios industriais.

Em 15/08/2012, a conjunção de Marte com Saturno impele ao movimento, mesmo que lento e gradual, em direção à maior participação e atividade em todas as esferas que envolvem pessoas. Seja no mundo dos negócios como na vida das pessoas, as parcerias se dão porque não há outra forma de atingir os resultados esperados. De fato, este é um ano para os relacionamentos, para as amizades e até, aprender a confiar no outro, particularmente com o ingresso de Saturno em Escorpião. A partir desta conjunção e depois, após o ingresso de Saturno em Escorpião, é possível que surjam as primeiras soluções para resolver as importantes questões da crise econômica, ainda assunto importante ao longo de todo o ano de 2012 ( e dos anos seguintes).

Urano se encontra em Áries, formando um sextil com Júpiter nos meses de junho e julho. Esta deve ser a ocasião em que devem ocorrer importantes fusões na indústria e talvez outros movimentos sociais do tipo “Occupy“, como vimos em 2011. Haverá uma certa efervescência neste período que pode trazer soluções interessantes para a crise econômica. E do ponto de vista das mudanças (sociais e pessoais), pode-se afirmar que elas nascerão nesta época. Com Júpiter em Touro até o início de junho, é difícil pensar em mudanças importantes, sejam sociais como econômicas. esta combinação também dispara (e reforça) a necessidade de tornar a educação prioritária, há uma disposição modernizante e, a partir de outubro, com Marte governando Saturno e Urano, de dar qualidade à educação por meio da investigação e da pesquisa.

Especialmente no mês de junho, Netuno forma uma quadratura com Júpiter, indicando um choque de realidade e a necessidade de avaliar todas as questões acima com uma visão ampla e soluções que levem em conta o conjunto das estruturas sociais envolvidas. Até as aspirações místicas e a religiosidade passarão por intervenções. Figuras religiosas importantes devem se pronunciar nesta época.

No Brasil, há as eleições municipais. Neste ano, a propaganda eleitoral deve ser mais superficial ainda. Nas metrópoles, é bastante provável que os assuntos discutidos sejam os meios de transporte, vias de tráfego e, em segundo plano, a segurança. Com Júpiter em Gêmeos e retrógrado por ocasião da eleição, não acredito numa maior responsabilidade e comprometimento por parte do eleitor. Questões secundárias decidirão o voto e não exatamente o mérito dos candidatos. A mídia é que de fato elegerá os prefeitos em suas cidades.

Individualmente, os temas do ano serão dinheiro e relacionamentos.

O primeiro semestre tende a ser bastante difícil para as finanças pessoais, especialmente para aqueles que atuam no segmento de serviços. Com Marte retrógrado em Virgem entre 23/01 até 08/04/2012 e depois, Vênus retrógrada em Gêmeos entre 15/05 a 27/06/2012, o único caminho possível é avaliar a melhor maneira de obter uma melhor eficiência, sem mudar o foco ou o ramo de atividades. E, num segundo momento, reforçar a base de clientes oferecendo serviços com melhor qualidade.

Quanto aos relacionamentos, seja de amizade como de amor, este é um ano para amadurecer. Aprenda a confiar em suas amizades e, no segundo semestre, forme novas amizades. Nos casamentos e uniões, crie novas oportunidades para manter acesa a chama do amor, conversando sobre tudo, seja sobre os problemas como também, das alegrias, mas olhando preferencialmente para o futuro imediato. O período em que Vênus estiver retrógrado é adequado para alinha interesses e deixar impasses e restrições mútuas para trás. No primeiro semestre, tente se colocar mais próximo(a) de quem ama participando ativamente da rotina e responsabilidades comuns.

2012 favorece especialmente os signos de Ar (Gêmeos, Libra e Aquário), tornando as suas vidas mais dinâmicas e ricas. Estes podem esperar mudanças reais notadamente a partir de junho. Em maio, ocorrerá um eclipse anular em Gêmeos (sobre o qual escreverei oportunamente), de Nodo Sul, agregando mais um estímulo a essas mudanças.

Os signos de Fogo (Áries, Leão e Sagitário) também serão estimulados ao longo do ano, especialmente Áries, onde se encontra Urano. Mas devem aprender a moderar o seu entusiasmo e ser menos individualistas. 2012 é um ano de participação e colaboração.

Os signos de Água (Câncer, Escorpião e Peixes) ver-se-ão diante de dilemas e as mudanças em suas vidas promovem um realinhamento de seus sonhos e sentimentos. No entanto, cada um destes signos experimentará as mudanças de maneira diferente: Câncer, de maneira dramática, tende a resistir; Escorpião, enfoca a confiabilidade, especialmente no final do ano, o tendão de Aquiles é o dinheiro; Peixes tem a oportunidade de tornar os seus sonhos ainda mais vivos a partir do sacrifício de seu tempo e disponibilidades. Há um eclipse total ocorrendo em Escorpião, reforçando a ação transformadora deste signo, em novembro.

Os signos de Terra (Touro, Virgem e Capricórnio) dependem das mudanças que ocorrem no âmbito social, não tem como interferir. Mas são os que se encontram mais suscetíveis às questões de emprego e trabalho. Em certa medida, serão os operários das mudanças econômicas em curso ao longo de 2012.

, , , , , , , , , , ,

1 Comentário

Netuno e os Peixes

Netuno é um astro confuso… ou será que a Humanidade o é?

Vem brincando na cúspide do Signo de Peixes desde abril de 2011 e entra definitivamente neste Signo em fevereiro de 2012. Ingressa em Áries pela primeira vez em 2025.

Assim como Urano, é um astro cujo significado está voltado para uma geração inteira e cuja interpretação deve ser feita em conjunto. Ambos tem conotações semelhantes, embora funcionando a partir de uma ótica particular. Ambos se dirigem para o futuro, tendo como base a temática da igualdade social. Contudo, Urano o faz por meio de métodos e sistemas e Netuno, por meio de utopias e sonhos. Curiosamente, os dois planetas tem composição física parecida, quase o mesmo tamanho e tem a mesma coloração azul.

Urano encontra-se em Áries e está associado ao empreendedorismo e às iniciativas pessoais, não apenas no âmbito profissional, mas especialmente no âmbito social. Netuno, em contrapartida, age “comendo pelas bordas”, sem que ninguém se dê conta. Um fenômeno mundial que se encontra associado a este astro é o crescimento considerável das igrejas evangélicas.

Além das igrejas evangélicas tradicionais e históricas, há um sem número de outras igrejas que abrem todos os dias e são responsáveis por movimentar milhões em dinheiro, contando apenas com a força da fé para sustentá-las. No fundo, é como se o dízimo se tornasse uma espécie de perigosa economia paralela. É perigosa na medida em que a riqueza movimentada não se encontra associada a um bem, produto ou serviço. Ou ainda, o serviço prestado não pode ser medido, aferido e certificado.

É perigoso na medida em que emprega a boa fé e a esperança de uma vida melhor, seja nesta ou na outra vida. Porém, quem o oferece não foi investido desta autoridade e não pode de fato assegurar seu sucesso.   E Netuno também leva à ilusão e à decepção. O fanatismo do Signo de Peixes acaba sendo potencializado pela regência de Júpiter, o profeta, o arauto do amanhã. E não dá para garantir que, nesta época em que transitará os Signos de Touro e Gêmeos (2011, 2012 e 2013) esteja bem intencionado

Netuno em Peixes é a dissolução de tudo o que poderia ser considerado eterno e duradouro. Com Saturno ingressando em Escorpião em 2012, fatalmente Netuno e Saturno formarão um trígono que colocará em cheque a credibilidade das instituições financeiras, particularmente no segundo semestre de 2012. Netuno em Peixes é o socialismo utópico. Parafraseando Karl Marx, em 2012, tudo que é sólido desmancha no “mar”. A retrogradação de Marte leva a uma oposição com Netuno, muito próxima em abril de 2012: nos primeiros meses do ano, a indústria terá de adaptar a diferentes meios de produzir, encontrar novas técnicas e, quem sabe, possa-se refrear o consumo neste período.

Netuno permanecerá em Peixes até 2025, sempre passando cerca de seis meses retrógrado e outro tanto direto, costurando sonhos com ilusões, esperanças com decepções, fé com amargura. Trata-se de uma ótima oportunidade oferecida pelos “deuses da Astrologia” para tornar a nossa existência na Terra mais humana.

, , , , , , , ,

3 comentários