Archive for category 2015

Conflitos pelo Mundo

O século XX assistiu a dois grandes conflitos armados que polarizaram o mundo conhecido.

Neste início de século XXI, acabamos de assistir a dois episódios terroristas que chocaram o mundo, na França.

Quando houve o ataque às Torres Gêmeas, os EUA invadiram o Iraque até a deposição de Saddam Hussein. De um ponto de vista pessoal, talvez tenha sido uma boa empreitada. Mas não se pode dizer o mesmo de uma perspectiva econômica: bilhões de dólares foram investidos a fundo perdido na reconstrução daqeule país, sem qualquer unidade política e cada vez mais mergulhado na miséria que já se encontrava antes da chegada das forças da coalizão.

Aí os objetivos mudaram para o Afeganistão, de onde os russos já tinham saído há muito tempo… Forças especiais mataram Osama Bin Laden. Mas o conflito naquela região continua sem solução, a ponto dos países que compuseram a aliança estarem abandonando o país à sua própria sorte.

Na Ucrânia, apesar do cessar-fogo, foi o inverno rigoroso que trouxe uma trégua à região, que já contabiliza cerca de cinco mil mortos.

Estas são os conflitos com perfis mais convencionais… A regionalização do mundo (processo inverso à globalização) está acarretando, por outro lado, vários conflitos localizados, pouco noticiados em nosso país.

broken-rope

O Estado Islâmico provocou uma guerra civil repleta de atrocidades no Irã e na Síria. Milhões de refugiados já abandonaram seus lares em busca de uma vida melhor.

O Sudão do Sul também vive uma violenta guerra civil que, por enquanto, não tem perspectiva de solução e é considerado o mais grave de todos os conflitos. Há vários organismos internacionais envolvidos no esforço da paz. Basicamente, os conflitos são entre os leais ao presidente atual e o anterior, com os militares combatendo a ambos os lados com violência. O país se encontra falido, sua infraestrutura já entrou em colapso. Cerca de cinquenta mil mortos e dois milhões de desalojados.

Quer mais? O Boko Haram continua destruindo a Nigéria e sua população. Na Somália, o inimigo é o Al Shabbab, trata-se de outro conflito tribal. A República Democrática do Congo está sob intervenção das Forças de Paz da ONU, mas também é sacudida pela guerra civil resultado das rivalidades tribais.

No Iêmen, todas as negociações políticas fracassaram na transição para uma democracia. Esta é considerada a maior incógnita. O país se encontra parcialmente arrasado. Seu maior parceiro é a Arábia Saudita. A ONU vem envidando esforços para evitar um conflito fora de controle.

Situação semelhante é vivida na Líbia…

Júpiter e Saturno, desde 1980, formam Grandes Conjunções nos Signos de Ar, dados a conversas e negociações. Muitas vezes, excesso de conversa é também falta de iniciativa. Em 2000, tivemos a conjunção híbrida, ocorrida em Touro. Em 2020, a conjunção entre estes dois planetas se dará no início do signo de Aquário. Em 2015 e 2016, ocorrerão quadraturas minguantes entre Júpiter e Saturno. Nenhuma destas configurações prenuncia novidades e muito menos, guerras.

Entretanto, a generalização destes e outros conflitos é bem possível, mantendo a tendência de fragmentação e regionalização.

Atualmente, a grande pergunta é com relação ao terrorismo proveniente de algumas células que se abrigam à sombra do fundamentalismo extremista islâmico.

Neste sentido, as quadraturas entre Júpiter e Saturno, potencializadas pelos trânsitos de Marte, são indicadores de situações de risco. Alemanha, França e Austrália são (astrologicamente) os países com maior potencial para atentados terroristas com pano de fundo religioso. O próximo período crítico será em Agosto deste ano e o seguinte, entre Março e Junho de 2016.

Enquanto isso, vamos conversando e trocando ideias, como fazem aqueles dos signos de Ar.

Fonte consultada: 10 Wars to Watch in 2015.

Anúncios

, , , , ,

Deixe um comentário

Os pepinos de Janeiro

pepinoMarte costuma ser o indicador de problemas. Procure por ele no mapa ou nos trânsitos para encontrar as encrencas.

Este mês, começa com uma oposição a Júpiter retrógrado, em 01/01, de Aquário para Leão. Esta configuração coloca frente à frente engenhosidade com criação, sem solução para um ou para outro. É bastante nefasto para quem lida com informação ou sistemas em geral, pois não encontra solução para os problemas.

Entretanto, Júpiter, que já se encontra retrógrado e dispões sobre os negócios, sugere possibilidades que não se concretizam. Com esta oposição com Marte, além de não se concretizarem, parecem se desfazer, simplesmente ir embora. Prenuncia, portanto, dificuldades financeiras particularmente para os profissionais liberais ou autônomos.

Também podem surgir grandes despesas, nem todas previstas ou então, taxas com valores acima do esperado.

Depois da oposição, a relação entre ambos fica minguante: as dificuldades e desafios devem ser encarados como maneira de encontrar soluções que possibilitem crescimento e prosperidade. E qual é a saída diante da falta de engenhosidade? Aguardar um pouco e contar com a criatividade.

Marte também formará uma quadratura com Saturno, desta vez, de Peixes para Sagitário, no dia 15/01. Trata-se de uma quadratura crescente, que se encaminha para a oposição, que ocorrerá em Maio. Esta é uma combinação que leva à inação, reforça a ausência de resultados, apontando muitas vezes para decisões equivocadas. Profissionalmente, esta combinação é desastrosa, num período em que a busca de soluções pode chegar à beira do desespero.

Para complicar, Mercúrio ficará retrógrado em Aquário no dia 18/01, antes da oposição com Júpiter ficar perfeita. Se ficasse perfeito, poderia ser de alguma ajuda com relação à oposição com Marte. Enquanto direto, caminhará lado a lado com Vênus, favorecendo todas as relações de amizade e oferecendo boas oportunidades de diálogo em todas as relações, mas especialmente nas que envolvem algum tipo de afeto.

A conjunção entre Mercúrio e Vênus, primeiro em Capricórnio e depois em Aquário, aponta para alinhamento de propósitos, duas pessoas falando as mesmas coisas no mesmo idioma.

A partir do dia 18/01, Vênus deixa Mercúrio para trás encerrando o mês em Peixes, formando ainda uma quadratura com Saturno. É o romantismo de resultados…

E enquanto isso, Mercúrio retrógrado em Aquário é justamente o que você irá precisar para rever decisões, opiniões e pontos de vista ou ainda, para avaliar maneiras totalmente diferentes ou inovadoras de fazer as mesmas coisas. Esta retrogradação é que colocará a casa em ordem.

, , , , ,

Deixe um comentário

Algumas ideias para 2015

2015

Janeiro:

Logo no início do mês, indicado para encontrar amigos(as) e desfazer conflitos. Aproveite para descansar das práticas esportivas. Ao longo de todo o período, novas relações de amizade serão motivos de muitas pequenas alegrias.

A partir da segunda quinzena, bom para amores rápidos, envolventes embora sem a preocupação de compromissos. Excessos de bebida podem trazer problemas. Mas se estiver lidando com decepções amorosas, vá nadar ou andar de bike… Não desconte as suas frustrações no álcool.

Ao final do mês, atenção para não tropeçar nas palavras e trair a confiança de velhos(as) amigos(as).

Fevereiro:

Fortes ilusões afetivas. Este é um mês sem limites. Se beber, não mergulhe, não vá ao mar ou à piscina. Há risco de acidentes e até afogamento.

Evite se empolgar diante das vitrines, pode estar se enganando com os preços.

No início do mês, pode se arrepender não apenas de suas palavras, mas de compromissos que assumiu sem pensar. Aproveite o Carnaval de maneira saudável.

Na segunda quinzena, coloque a sua vida em ordem, começando com a vida afetiva. Se estiver numa relação sem futuro, está na hora de dizer adeus.

Bom para a prática de esportes coletivos, mesmo que apenas por lazer.

Março:

A primeira quinzena é apropriada para cuidar da própria saúde com atividades ao ar livre, bem como favorecendo pequenas viagens de lazer, bem como, aventuras de todos os tipos.

No entanto, na segunda quinzena, desfaça mal entendidos em romances ou relações sem vínculos de compromisso. Porém, pode se deixar enganar por doces ou um prato cheiroso e arrumado.

As aparências enganam… atenção com as promessas que lhe fazem com toda a boa fé do mundo: há o risco de se acreditar em quem não deve.

Desfavorável para todos os tipos de aquisições de grande valor, como comprar ou vender um carro, por exemplo.

Abril:

Este é um mês de trabalho duro. Não dê importância à preguiça de alguns. Aproveite cada oportunidade para superar obstáculos, seja no trabalho como em família. Bom para colocar as conversas em dia com os mais novos, especialmente filhos e sobrinhos.

Controle os seus impulsos e as suas palavras na segunda quinzena do mês: você pode desejar voar no pescoço de alguma pessoa que se colocar em seu caminho ou contrariar as suas vontades.

Bom para mudar o guarda-roupas, escolhendo cores mais alegres e um vestuário confortável.

Pode receber um convite para almoçar com uma pessoa interessante.

Maio:

Com a adrenalina a mil, você se desdobra em mil atividades e reuniões. E ainda tenta manter a harmonia familiar… Não se esqueça daquele importante almoço em família! Ou, aproveite para conhecer a família de seu novo amor.

Este será um mês melhor para as relações estáveis, pois está cheio de bons momentos entre o casal e entre pais e filhos. Bom para brincar e se divertir. Indicado para viagens curtas, especialmente para locais conhecidos.

Alegre-se, pois apesar dos intermináveis documentos que tem para ler e assinar, sempre haverá boas oportunidades de curtir as pessoas por quem tem amor.

Riscos de pequenos acidentes motivados por pressa ou distração.

Não se estenda no happy hour.

Junho:

Uma primeira quinzena de muito agito. Curta as baladas e os convites para sair mas não se estenda mais que o necessário.

Bom para começar novos romances ou para engatar uma estória que vem se arrastando nos últimos meses. Se estiver numa relação estável, presenteie o seu amor com alguma coisa realmente especial e original. Este é um período de alegrias: não recuse os convites para festas.

Porém, na segunda quinzena, é bom estar atento(a) para resolver velhos problemas… Se as suas finanças pessoais ainda estiverem desorganizadas, faça um orçamento que consiga acompanhar, mas mantenha distância de novos empréstimos ou financiamentos. Melhor ser amigo(a) do chefe do que do gerente do banco.

Julho:

Se a sua relação à dois entrou em crise, não se apavore: você terá tempo para cuidar disso. Ficar preso(a) a detalhes que sequer beliscam o verdadeiro problema é perda de tempo. Tenha como foco retomar a alegria de antes. Talvez tenha exigido compromisso antes da hora e será preciso abrir um pouco a mão.

Na segunda quinzena, bom para cuidar de pendências judiciais que se arrastam por um tempo longo demais. Converse com as pessoas certas, não tenha medo de pedir um conselho de um bom profissional antes de tomar alguma decisão precipitada.

No meio do mês, com prudência e cuidado, esclareça mal entendidos em família, especialmente entre irmãos(ãs).

Agosto:

É melhor trabalhar em silêncio do que manter a concorrência focada no que faz. Evite os holofotes, a menos que deseje conflitos no ambiente profissional. Bom para cuidar da própria saúde, marcar exames de rotina ou ainda, iniciar procedimentos odontológicos.

Entretanto, as cirurgias devem ser evitadas, a menos que estritamente necessárias.
Arrume gavetas e armários. Limpe as despensas. Doe roupas e livros que não usa mais. Inicie um trabalho voluntário numa casa de repouso. Apenas não faça propaganda de seus feitos.

A discrição e o silêncio proporcionarão melhores resultados que a propaganda e o marketing pessoais.

Setembro:

O lençol é curto e, se puxar demais, os pés ficarão de fora… Fazer média com quem ama nem sempre é o melhor caminho para se sentir feliz. Mas pode ser o caminho mais curto para frustrações e arrependimentos. A busca da felicidade no amor não deve comprometer os seus próprios valores e pontos de vista.

E muito menos, o tempo que tem de dedicar ao seu trabalho. Se não conseguir dar a devida atenção aos seus compromissos profissionais, prestará serviços de qualidade inferior e poderá perder as oportunidades que tem à sua frente.

Portanto, força total nas atividades remuneradas. Bom para cuidar da fase final de projetos e trabalhos que já estiverem em andamento.

Outubro:

Qualquer que for o status da relação à dois, não conseguirá adiar uma conversa importante por muito mais tempo. E a melhor maneira de contornar uma crise e vários aborrecimentos é discutir os problemas com franqueza e sinceridade.
Um dos dois sairá magoado… mas é melhor do que cada um seguir o seu próprio caminho. Esforce-se para preservar a relação, tendo em mente que quaisquer mentiras ou omissões são passíveis de trazer problemas ainda maiores.

A segunda quinzena do mês será bem confusa e atrapalhada, por isso, é contraindicada para fazer quaisquer planos de longo prazo. Busque refúgio e paz interior para não tomar nenhuma decisão impensada.

Novembro:

Empenhe-se ativamente para ter em suas mãos o controle de sua vida e das pessoas que ama. Negocie os pontos de discórdia, faça acordos, acabe com os conflitos e atritos, inclusive os familiares. Aproxime as pessoas, especialmente os seus familiares.

No ambiente de trabalho, esteja pronto(a) a colaborar com os demais. E permita que os outros participem e ajudem em suas tarefas.

Evite, por todas as maneiras, permanecer isolado(a) ou distante das outras pessoas. Este é um mês de forte conotação social. Pode ser chamado(a) a festas de aniversário, noivado e casamento.

Por outro lado, não exagere no valor dos presentes que dará aos outros.

Dezembro:

Mantenha as suas finanças sob controle. Faça sempre as contas antes de contratar um novo serviço ou adquirir algum bem. Embora não lhe falte dinheiro, não é indicado para o desperdício. Apenas compre o que precisar, sendo comedido(a) nos presentes de final de ano.

Desacelere e aproveite o tempo disponível para colocar dívidas e documentos em dia.

Participe das atividades de seu par, mesmo que considere suas amizades pouco agradáveis: esforce-se para parecer simpático(a) e educado(a).

Ser diplomático(a), neste mês, é uma virtude, especialmente diante da hipocrisia com a qual será necessário conviver.
Desacelere e aproveite o tempo disponível para colocar dívidas e documentos em dia.
Participe das atividades de seu par, mesmo que considere suas amizades pouco agradáveis: esforce-se para parecer simpático(a) e educado(a).
Ser diplomático(a), neste mês, é uma virtude, especialmente diante da hipocrisia com a qual será necessário conviver.

Deixe um comentário

Tendências para o Brasil em 2015

Os trânsitos de Saturno costumam ser insidiosos, particularmente quando ocorrem em regiões importantes do gráfico astrológico.

A literatura indica que o trânsito de Saturno no Meio-Céu costuma trazer grandes responsabilidades que, ao longo do período seguinte, se apresentam como obstáculos e dificuldades, de acordo com a natureza do Signo em que se encontra.

No mapa de uma nação, o Meio-Céu representa a autoridade, ao governo. E considerando que este mapa seja o de nosso país, refere-se diretamente à presidência da República.

Ainda antes das eleições presidenciais, comentava que qualquer que fosse o candidato eleito, iria se deparar com graves problemas justamente em razão deste trânsito, que ocorre no início de Janeiro de 2015, embora estando em vigor um pouco antes da posse.

Saturno e Júpiter são considerados os Senhores do Tempo e seu ciclo de conjunções assinala importantes mudanças sociais, políticas, econômicas e culturais. Estas conjunções ocorrem a cada 20 anos, aproximadamente, com um avanço de cerca de 243°. Após três conjunções sucessivas ou cerca de 60 anos, o avanço será de apenas 9°. Estas conjunções ocorrem no mesmo elemento por cerca de 200 anos, havendo um período híbrido antes de passar para o período seguinte. Graças às retrogradações, eventualmente estas conjunções podem ocorrer por três vezes no mesmo Signo, como ocorreu em Libra, ao final de 1980 e 1981.

Esta foi a época em que surgiu a social democracia e o liberalismo econômico, especialmente com Ronald Reagan e Margareth Thatcher. O Brasil assistiu o nascimento do pluripartidarismo. ARENA e MDB deram origem ao PFL, PSDB, PMDB, PTB e PT, dentre tantos outros.

A última conjunção entre Júpiter e Saturno se deu em maio de 2000, em Touro. A próxima ocorrerá em 2020, em Aquário.

A interpretação do ciclo de conjunções é feita a partir da primeira ocorrência, que dá o tom das seguintes. E ainda, a cada 20 anos (aproximadamente), os dois astros formarão uma quadratura crescente, uma oposição e uma quadratura minguante, antes de formarem nova conjunção.

Sem dúvida, é muito mais fácil avaliar os acontecimentos em perspectiva, depois que já aconteceram. Porém estamos discorrendo sobre um período total de 200 anos, do qual já se passaram cerca de 25 anos.

Quando transportamos estas informações para o mapa de uma nação, temos ainda de considerar as épocas em que estes astros transitam os Ângulos. E sem esquecer o papel que cada um dos astros desempenha no mapa daquele país.

* * *

No mapa do Brasil, Saturno se encontra retrógrado em Touro, na Casa III, apontando que o problema da nação são as restrições ao meio circulante (dinheiro, créditos, etc…). É governada por Vênus em Leão, na Casa VI, apontando para uma atitude preguiçosa dos meios de produção (indústrias em geral), que esperam pelos benefícios que possam vir das indústrias do exterior (Sol em Virgem na Casa VII, governando Vênus).

Saturno governa as Casas XI e XII. Estas dificuldades resultam nos atrasos que estamos acostumados com relação aos projetos de desenvolvimento do país mas também podem apontar para esquemas financeiros paralelos, organizados em grupos ou grandes associações.

Nota: O acima exposto é apenas uma perspectiva interpretativa que não se propõe a ser nem completa ou exclusiva.

* * *

No painel de encerramento do Simpósio do SINARJ 2015, postulei que os trânsitos de Saturno aos Ângulos do mapa do Brasil não precisam ser classificados como necessariamente ruins, mesmo que Saturno seja considerado um astro maléfico.

Em 1994, Saturno transitou pelo Ascendente do mapa do Brasil: tivemos a condenação de P. C. Farias, a cassação de 18 parlamentares acusados de corrupção, o lançamento da URV e início da circulação do Real.

Em 2000, por ocasião da conjunção de Júpiter e Saturno em Touro, ocorreu o estouro da bolha da Nasdaq, a alta do petróleo, a desvalorização do Euro e a crise do desemprego, notadamente nos EUA e Europa.

2006 é um ano emblemático, pois corresponde ao período da reeleição de Lula. Mas também, a um período em que algumas empresas brasileiras foram às compras e adquiriram empresas no exterior, como o caso da Pasadena.

Leia mais nas matérias abaixo:

Fernando Henrique tomou posse sob a quadratura minguante entre Júpiter e Saturno (Sagitário/Peixes), em 1995. Dilma foi eleita uma oposição entre ambos (Peixes/Virgem), em 2010.

As próximas quadraturas (minguantes) entre ambos ocorrem em 07/2015 (Leão/Escorpião) e 03 a 05/2016 (Virgem/Sagitário).

Nota: Concluí os estudos que resultaram na apresentação no Painel “Tendências para o Brasil em 2015” numa 5ª feira, 27/11/2014.

Segue link para editorial do jornal Estadão publicado no dia seguinte: http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,o-pib-e-as-licoes-do-fracasso-imp-,1599749

, ,

2 comentários

No país do jeitinho…

brasil

A discussão política às vésperas de uma nova eleição, desde que saudável e promovendo um bom debate, é sempre bem vinda.

Mas confesso que tenho estado apreensivo com uma configuração que ocorrerá logo após a posse: Saturno transitará o Meio-Céu do mapa da Independência do Brasil na primeira quinzena de Janeiro.

No mapa de origem, Saturno se encontra em Touro e em oposição a Marte e numa quadratura a Vênus em Leão, onde transita Júpiter.

As primeiras ideias que me vem à mente são as dificuldades em escoar a produção agrícola e industrial do país, possivelmente em razão da crise econômica mundial. Há um impasse global e excluindo uma pouquíssimas economias, os números do PIB pelo mundo tem andado inexpressivos, assim como o nosso “pibinho”. Assim, o primeiro e mais importante desafio para o próximo governo será reequilibrar a balança comercial. O Brasil é um país exportador de commodities, cujos valores de mercado são baixos. E não dispõe de uma indústria capaz de oferecer preços competitivos em produtos industrializados de alto valor agregado.

Por esta razão, a força da economia nacional se focou no mercado interno.  Contudo, Saturno igualmente forma uma oposição com Júpiter do Mapa da Independência, sugerindo também falta de meio circulante (dinheiro) durante este período. Se as classes sociais que costumam movimentar a economia deixarem de fazê-lo em razão do seu endividamento ao longo de 2013 e 2014, deixa de existir a espinha dorsal da economia no Brasil.

Normalmente, a saída acaba sendo o empreendedorismo individual, nas atividades de serviços. Mas esta oposição entre Saturno e Júpiter representa também um bloqueio a esses indivíduos, incluindo-se aqui até os que não se encontram na formalidade, como pintores, pedreiros, pipoqueiros…

Em 15/01/2015, há uma quadratura entre Marte e Saturno, diretamente associada à conjunção ocorrida em 25/08/2014. Há apenas duas possibilidades: um plano deliberadamente bem planejado, que contemple o conjunto da nação e não apenas a economia ou, um caótico e confuso remendo que mal servirá para cobrir o rombo.

É lógico que se espera austeridade de um trânsito de Saturno no Meio-Céu que, inclusive se repete posteriormente: retrógrado em Maio (com uma oposição de Marte) e direto no princípio de Outubro. Nesta época estará se cogitando uma reforma política (outra vez…).

O início do mandato do próximo presidente ou presidenta enfrentará problemas graves e que só serão equacionados com pragmatismo, determinação e austeridade. Por sinal, esta é a atitude adotada pela CE.

Nota: Mapa da Independência tomado para 16:53, a partir de pesquisa realizada pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, por ocasião do Sesquicentenário.

, , , , ,

4 comentários